one of the boys
Hello Hello! Aguenta coração: essa semana tem três shows da Katy Perry no Brasiiiiil! São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro (Rock in Rio) ! Eu vou no de SP (sexta 25/09) e no do Rock in Rio (domingo 27/09). E como vocês sabem, sempre amei, sempre ouvi, sempre acompanhei ela. Já que estamos na época Katy Perry no Brasil, resolvi fazer um post “Especial Katy Perry” pra vocês! Mas para isso, eu chamei um “expert” Katy Perry, tipo um especialista mesmo! Sabem de quem tô falando? Do meu amigo fofo Erick Mafra! Pedi pra ele me ajudar nessa, já que ele sabe tudinho sobre a linda, doce, encantadora Katy Perry que a gente tanto ama 🙂
Vamos lá?
—————————————————————————————————-
OI AMORRRRRRRRR, invadi seu site, porque de uma coisa eu entendo: Katy Perry.
Por que? Porque somos casados, apesar de ela não saber ainda.
Eu sou completamente apaixonado por ela, e a Nah me convidou para contar mais sobre a Katy para vocês, fiquei muito feliz e então decidi mergulhar junto com vocês em cada pedacinho dela.
Por mais que eu seja suspeito para falar, confesso que no fim do post você também vai se apaixonar. <3
 
quem é
Um nome tão forte e conhecido mundialmente entre crianças, adolescentes e adultos.
Porque suas músicas cativam as pessoas e quando elas percebem já estão com seus refrões dentro da cabeça, mais grudados que chiclete.
 
Hoje em dia artistas vem com músicas incríveis que ficam na rádio por semanas e até meses, mas logo após uma canção de sucesso, somem em meio a outros milhares desse tipo.
Mas como alguém consegue se manter por 8 anos com 3 albúms sem perder sua essência, mais ao mesmo tempo contando histórias totalmente diferentes?
 
Antes de toda essa história, quem assistiu o documentário sobre sua jornada sabe que Katy era uma menina do interior, que vivia viajando com seus pais pastores e que apenas ouvia música gospel.
Mas isso é passado, agora vamos mergulhar nos três universos que Katy trouxe com suas canções.
 
 
one of the boys
Toda Pin-Up cheia de morangos, roupas de bolinhas e muitas cores Katy canta abertamente sobre temas que não são muito falados mas estão na vida de todos. Sobre beijar garotas em ”I Kissed a Girl”, sobre garotos bipolares em ”Hot n Cold” e ”Ur so Gay”, como é sofrer com a perda de alguém em ”Thinking of you”, mas você já ouviu ”Finger Prints”? Katy conta sobre sua trajetória até o lançamento de CD, na música ela banca que não veio para ser igual ninguém, que não vai deixar sua vida passar e que você vai lembrar dela.
”Vou te deixar meu legado, Vou fazer minha marca, Vou ser falada por aí” 
É, em 2008 Katy já sabia que tinha muito para entregar e tudo que aconteceu não foi nenhuma novidade. Quero que você assista essa perfomance acústica de Lost, uma música não tão conhecida mas você já se sentiu assim?
 
 
teenage dream
 
Rainha dos Docinhos, deitada nua em nuvens algodão doce e com uma coleção de perucas coloridas.
Ela vem mostrando que pode se aventurar por diversos universos, de um Mundo de Doces, Uma Sexta-feira colorida, Et’s, Exército, Fogos de Artificio, uma visita ao passado que termina num Labirinto Encantado.
Ela conquista milhares de fãs com tanta doçura e músicas que mais uma vez contam de forma alegre experiências que todos compartilham em suas vidas.
Um dos meus clipes favoritos dela é o de Wide Awake, você já prestou atenção nessa letra?
Ela finaliza a era dos Doces com essa frase, ”Estou bem acordada” 
O que vem por aí?
 
prism
 
Após dizer que seria um albúm dark e longe de toda alegria de Katy Perry, coisas acontecem em sua vida e o albúm Dark se transforma em PRISM com uma única frase: Deixe a luz entrar.
A luz entrou e trouxe Katy mais uma vez cantando sobre experiências que compartilhadas (fim de relacionamento, decepções e auto-conhecimento) mostram que todos passamos por sensações parecidas e que no fim a luz sempre vence.
Esse albúm pessoalmente me ajudou em uma época em que quase desisti, ele é bem mais profundo que parece.
PRISM mergulha nos lugares mais profundos e obscuros da mente e nos trás de volta a luz.
Fala sobre amor incondicional, sobre viver o presente, Amor Próprio e superação.
Double Rainbow que foi escrita com a Sia, me faz acreditar que é uma conversa de Katy com Deus. E no fim termina com talvez uma das mais íntimas que fala sobre desistir da vida, o suícidio…
By the Grace of God, foi a primeira música escrita por Katy de PRISM.
 
 
Vocês percebem que independente de todas perucas, de que todos albúms foram número 1 em vários países e que a maioria de músicas chegaram a número 1 dando a Katy recordes como os de Michael Jackson, turnês lotadas e uma carreira sólida, em tudo que Katy faz existe algo:
Identificação.
Em suas experiências nos identificamos e ela nos mostra que não estamos só, e seus albúms contém uma dose gigante de alegria e leveza e ela nos inclui em sua vida.
Katy é uma artista que independente de milhares de conquistas não perdeu sua essência e sempre se manteve firme em seu propósito.
Entregar suas histórias para que possam ser compartilhadas e identificadas com pessoas, que são iguais, assim como ela, como eu, como você, parecemos diferente mas compartilhamos a mesma vida e estamos mais próximos do que pensamos.
 
Ela está desembarcando no Brasil para três shows durante essa semana, e eu escrevi uma carta aberta para Katy (www.erickmafra.com.br) e fiz uma foto em meu instagram segurando uma plaquinha para que ela possa ver a carta no blog.
Se você já se cativou por alguém independente da distância, diferenças e barreiras, sabe o que é O Amor verdadeiro.
Me ajude nessa missão de compartilhar meu carinho pela Katy marcando ela na minha última foto do instagram @ErickMafra.
Conto com você.
Cada ato, independente do seu tamanho vai contribuir para uma demonstração de carinho dentro do mundo. Estamos juntos.
Obrigado Nah, por me convidar, amo você.
 
 
Beijo, Erick Mafra
—————————————————-
Uhul, amei amei amei esse post! Obrigada Erickinho! 🙂 Amo você!
Espero que tenham curtido, sentido todo esse amor!
Beijos beijos
7 respostas
  1. Patrícia says:

    Estava andando no centro da cidade onde moro, com minha irmã, quando de repente eu vi um onibus com a propaganda da RAMARIM, só que eu não tinha reparado que minha irma NÃO estava atrás de mim, ai eu cutuquei uma menina e apontei para o onibus e gritei olha a Nah . E ai depois foi só risos só não consegui a foto. ❤

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *